Lagash Celebra 24 Anos em Brasília

 

A chef Fátima Hamú comemora hoje 24 anos do seu restaurante e empório Lagash em Brasília. A casa é uma das mais tradicionais na capital federal além de famosa por sua gastronomia árabe.

José Filho

 

Para comemorar a data a Chef preparou um jantar com buffet temático oferecendo diversas iguarias da sua cozinha, inclusive seu famoso carneiro assado inteiro. Além da gastronomia a noite terá música típica e apresentações de dança do ventre.

 

José Filho

 

ANIVERSÁRIO DE 24 ANOS DO RESTAURANTE LAGASH

 

Data: 10/02/2011
Horário: a partir das 20h
Local: restaurante e empório Lagash
Valor: R$ 65 (por pessoa sem bebida incluso)
Reservas: (61) 3273 – 0098

 

Lagash – 308 norte, bloco B, loja 11/17, Asa Norte

Postado em 10/02/2011 às 02:36

All Stars Menu

Maçã laminada flambada ao conhaque e brullé de açúcar, no All Starts Menu do Babel 

 

O chef William Che Yen lança hoje novo cardápio do Babel! O All Stars Menu tem 22 opções com as receitas que marcaram a história do restaurante, que completa oito anos em 2011.

 

Silvio Yamamoto

 

 

Os pratos são oferecidos à la carte ou com menu completo em cinco etapas, por R$69. Entre os destaques do cardápio está a Cestinha de Harumaki, uma casquinha crocante recheada com cogumelos salteados com nirá e cobertos por gema de ovo mollet com azeite trufado.

 

 

BABEL

Endereço: 215 Sul, bloco A - loja 37, Brasília – DF
Reservas: (61) 3345-6042

Postado em 10/02/2011 às 02:09

Alice Brasserie lança Boa Lembrança 2011

 

O Alice Brasserie em Brasília já está oferecendo seu prato 2011 da Boa Lembrança. A chef Alice Mesquita elaborou para este ano uma receita de arroz de bacalhau com castanhas de baru (R$65). A escolha deste fruto seco do cerrado deu crocância ao prato, que conta também com a maciez do bacalhau, ingrediente que a Chef nunca havia em seus 10 anos de Associação. Lembrando que quem pede o Boa Lembrança do cardápio leva pra casa um prato decorativo pintado à mão e exclusivo do Alice Brasserie (foto acima).

 


CHEF ALICE MESQUITA:  Quando crio o prato da Boa Lembrança preciso analisar se terei o produto à disposição o ano todo. É um compromisso assumido pelo ano inteiro e o fornecedor precisa estar ciente disso, para que não haja qualquer interrupção na confecção do prato. 

Postado em 10/02/2011 às 01:19

Rei do Mate Pop

 

O rei brasileiro da Art Pop, o aclamado pernambucano Romero Britto, fechou uma nova parceria para o setor de alimentação. Agora quem foi buscar a inspiração de Britto foi a rede de lanchonetes Rei do Mate, que teve sua marca estilizada pelo artista. A campanha irá estampar 50 mil copos de vidro e 20 milhões de copos descartáveis durante todo o ano de 2011.    

 

Postado em 03/02/2011 às 07:13

Dom Francisco Abre Inscrições

 

Picanha de bovino Bonsmara com farofa de ovos feita na hora, um clássico do chef Francisco Ansiliero

 

O chef Francisco Ansiliero abriu as inscrições para o seu primeiro curso em 2011 na capital federal. O chef vai ensinar por aula ao menos três receitas escolhidas pelos alunos que irão botar a mão na massa durante o curso. Serão quatro aulas no mês de fevereiro (07, 14, 21 e 28) e uma em março (14/03). Veja informações abaixo:

 

LOCAL: Dom Francisco Academia

HORÁRIO: 19h30 a 23h

VALOR: R$ 600 (por pessoa incluindo ingredientes e avental) 

INFO: (61) 3316. 6265 / 6285

Postado em 02/02/2011 às 11:32

Caipirinha de Yakult

 

A carta de drinks do Citra Bar em Curitiba acaba de receber uma novidade que vai chamar a atenção de muita gente: Caipirinha de Yakult. A receita tradicional foi mantida e reforçada com uma porção da bebida láctea. O drink passou a fazer parte da carta do Citra Bar depois de vencer um concurso promovido pela casa com receitas dos clientes. Agora resta saber como ficou o gosto? Você já provou?

 

Citra Bar


Rua Itupava, 1163 - Alto da XV - Curitiba - PR
41 . 3328 7668  /   www.citrabar.com.br
 

Postado em 02/02/2011 às 10:07

Mara Alcamim promove festival de Verão

Salada morna de lagosta e lâminas de abacate em sopa dura de tomate, da chef Mara Alcamim

 

 

Entre 07 e 21 de de fevereiro a chef Mara Alcamim promove festival de verão em suas casas em Brasília. Os menus de três etapas serão servidos somente no horário do almoço. Veja abaixo as opções:

 

 

Casa Gourmet Quitinete (R$ 29,90) 

 

salada tropical com frutas

peixe branco com molho de limão e purê de wassabi

tartelete de frutas

 

 

Universal Dinner (R$34,90)


salada de folhas verdes com caramelo de Kiwi,

Bacalhau desfiado com creme de ovos e azeitonas pretas

Frutas tropicais com folhas de queijo branco.

 

 

Zuu (R$34,90)

 

salada verde e molho refrescante de limão siciliano

frango em cubos com molho de gengibre e arroz com cogumelos selvagens

Carpaccio de frutas da estação
 

Postado em 01/02/2011 às 17:02

Café Sombreado em Maceió


O restaurante Picuí, de Maceió, Alagoas, já está servindo em seu cardápio o café Yaguara, produzido na Fazenda Várzea da Onça, em Pernambuco. A parceria fechada entre o chef Wanderson Medeiros e a empresária Frances Peebles vai garantir mensalmente um carregamento inicial de 20 quilos do café Pôr-do-Sol ao restaurante. “Deixamos de servir um café sem expressão para oferecer aos clientes do Picuí um produto de qualidade muito superior, nordestino e com certificado de sustentabilidade.”, afirma Wanderson.

 

Mudinhas de arábica typica, um dos primeiros cafés a ser cultivado no Brasil

 

O novo café servido no restaurante (R$1,90 a xícara) é aveludado e complexo em aromas e sabores, com uma doçura natural repleta de toques de cacau e frutas secas. Para ser tão bom o Yaguara é plantado em baixo das copas de grandes árvores frutíferas e de madeira-de-lei, nativas da área da Fazenda que fica na Serra da Borborema. Jatobá, Pau-Brasil, Jaqueiras, Mangueiras e várias outras espécies dispersam os raios do sol que alcançam os cafezais.


O processo de amadurecimento sombreado do fruto é mais demorado e faz com que os açúcares naturais de cada grão se desenvolvam plenamente. “Esses açúcares são responsáveis por um sabor distinto, resultando numa xícara de café de gosto superior.” explica Frances Peebles, proprietária da Yaguara. A cereja do cafezal só é colhida em seu momento máximo de madures e durante o beneficiamento ainda passa por dois processos rigorosos de seleção do grão, para só então partir para a secagem.

 


A torra também é um diferencial da Yaguara. Para cada safra o processo no forno é adaptado de acordo com as características dos grãos colhidos. Além disso, a torra só acontece após o pedido do cliente. “O café possui um melhor sabor nas primeiras duas semanas após ter sido torrado.”, avisa Frances. Quando o café torrado é exposto ao ar ele oxida e perde em aroma e sabor. “Como nós torramos o nosso café na hora, nossos clientes recebem uma torra mais fresca.”, explica a especialista.
 

O torrador com tambor profissional utilizado na produção do café 

 

O café plantado na Várzea da Onça é do tipo arábica typica, um dos primeiros a ser cultivados no Brasil, chegando ao país em 1727. Ele é de uma variedade mais rara e que cresce em altitudes elevadas, produzindo um grão denso e saboroso. A Fazenda tem condições geológicas e climáticas ideais para este cultivo, fortalecidas ainda mais pelo manejo sustentável do solo que garante um equilíbrio ecológico na área de produção. Pra se ter uma ideia, o esterco das cabras e porcos da Fazenda é coletado, curado e transformado em adubo para as árvores. Após a colheita as cascas dos grãos são adicionadas a compostos de matéria orgânica que servem como adubo. Sementes de árvores nativas são constantemente coletadas e plantadas em um viveiro, as mudas são replantadas em seguida no campo. As flores dessas árvores plantadas alimentam as abelhas de apicultura da Várzea, que por sua vez ajudam a polinizar as plantações da fazenda.

 


No Picuí o café expresso Pôr-do-sol da Yaguara ganhou um delicado acompanhamento do chef Wanderson Medeiros, que criou um biscoitinho crocante de mel de engenho e canela. “Quero variar as receitas que acompanham o café para valorizar ainda mais este nosso novo produto.”, afirma o Chef. Os clientes do Picuí que quiserem levar o café Yaguara pra casa podem. Na Lojinha do restaurante são vendidos pacotes de 333g (R$ 19) do grão torrado e moído especialmente para o coador tipo papel ou pano. Além da inovação no cardápio em breve o Picuí irá receber a especialista Frances Peebles para ministrar cursos para baristas e falar mais sobre os processos de produção do Café.

Restaurante Picuí

Av. da Paz, 1140, Jaraguá, Maceió, Alagoas
(82)3223-8080 www.PICUI.com.br
Funcionamento: Seg. à Sab: 11h às 22h Dom: 11h às 20h
 

Fazenda Várzea da Onça

rua Tenente Xavier, 62, CEP: 55.790-000 – Taguatiringa do Norte – Pernambuco www.yaguara.com.br
 

 

Postado em 13/12/2010 às 15:40

Os 100 Melhores vinhos de 2010 pela Wine Spectator


A revista americana Wine Spectator divulgou sua lista com os 100 rótulos mais excitantes de 2010. Clique na imagem da página para baixar o documento completo!   
 

 

Postado em 08/12/2010 às 07:20

Fernando de Noronha recebe o XV Congresso da Boa Lembrança

André Saburó fala pela primeira vez como novo presidente da Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança

 

A ilha de Fernando de Noronha foi o palco paradisíaco do Congresso da Boa Lembrança deste ano, que aconteceu entre 08 e 11 de novembro. Em sua décima quinta edição, o evento reuniu 61 dos restaurantes associados, com a presença dos Chefs e empresários das casas.

 

O anfitrião Zé Maria, rodeado pelos Chefs recém ingressados na ARBL

 

O anfitrião foi o restaurante Zé Maria, onde o Chef recebeu a todos em três dias de eventos e deleites gastronômicos. O Congresso é a reunião anual da ARBL para confraternizar e também tomar decisões estratégicas para o próximo ano.

 

A chef Tereza Paim preparando sua moqueca para o Jantar Beneficente que encerrou o evento

 

Da plenária de 2010 saiu o novo presidente da Associação, o chef André Saburó, do Quina do Futuro (PE), assumindo o cargo antes ocupado por César Santos, do Oficina do Sabor (PE). Nesse mesmo dia, o chef Auricélio Romão, recebeu os participantes do Congresso no seu restaurante Varanda, com um jantar que valorizou os produtos da Ilha. 

 

Quilos de camarões graúdos prontos para serem servidos no Jantar que fechou o Congresso

 

O Congresso de 2010 teve a “sustentabilidade” como tema principal e ativo. Pra se ter uma ideia, os materiais entregues aos participantes foram elaborados com produtos reciclados ou reutilizados, evitando o descarte desnecessário de resíduos.

 

A movimentação na cozinha do restaurante Zé Maria momentos antes do início do Jantar

 

A preocupação ecológica foi tamanha, que as sacolas dos congressistas, por exemplo, foram confeccionadas pela Associação de Corte e Costura Alamoas de Noronha, a partir do reaproveitamento da membrana de filtragem do dessalinizador da ilha.

 

A mesa preparada para receber os 48 pratos do Buffet Gourmet 

 

No último dia um jantar beneficente reuniu todos os participantes do congresso. Em um sistema de Buffet Gourmet já tradicional no restaurante Zé Maria, 48 opções de pratos foram elaboradas pelos Chefs recém ingressados na associação e pelo anfitrião.

 

Sushi de foie gras, do mestre Yoshi Matsumoto para o Buffet da noite  

 

Toda a renda dos convites foi doada para o Instituto Bioma Brasil, uma ONG responsável pelo projeto de preservação do único mangue da ilha, localizado na Baía de Sueste. Quem participou do jantar ainda levou pra casa um prato de cerâmica pintado à mão e comemorativo do XV Congresso.

 

Filé em seu próprio molho, crosta de castanha de caju e mil folhas de batata, do chef Fábio Taveira

 

Depois do fim do Congresso e antes do vôo de volta ao continente, ainda houve tempo para um almoço especial na Pousada Maravilha. O convite veio do chef Fábio Taveira, responsável pelo restaurante do lugar. Ele serviu um menu impecável com alguns dos principais pratos de seu cardápio.

 

O ceviche de pescado, que foi defumado momentos antes de ser servido no almoço na Pousada Maravilha

 

O prato de frutos do mar e peixe grelhados acompanhados de legumes e frutas chapeadas

 

A Maravilha é um dos lugares mais charmosos em Noronha para se hospedar. Além dos bagalôs e o salão principal da casa, você pode desfrutar de uma vista inesquecível no deck da piscina da pousada.
 

 

Postado em 25/11/2010 às 21:12

News Gastrô

Navegue pelo nosso arquivo de edições

Preencha para se cadastrar:

  • Sou profissional da imprensa