Nova Cozinha Nordestina em São Paulo

 


Acontece hoje na capital paulista o lançamento do livro Alagoas Um Olhar, de Thereza Collor. O evento será no charmoso Museu da Casa Brasileira e promete ser uma noite de gala para a cultura alagoana. Claro que não poderia faltar a boa gastronomia do Estado e o chef Wanderson Medeiros foi o convidado para mostrar o que de melhor se tem produzido em Alagoas.
 


Ele irá apresentar algumas de suas mais consagradas receitas da Nova Cozinha Nordestina apresentando pratos que mesclam ingredientes regionais em preparações sofisticadas e saborosas. “É um orgulho pra mim e pra toda a minha equipe poder mostrar em São Paulo, em um evento desta importância, algumas das riquezas gastronômicas mais preciosas que temos produzido em Alagoas”, conta o Chef.


 

Para o cardápio da noite Wanderson selecionou sabores típicos alagoanos vindos do mar, da terra e do mangue. Ingredientes como siri, camarões, sururu e queijo de coalho estão presentes no menu da noite. Veja como será:
 

Italianado
Antepasto de carne-de-sol desfiada, pimentões maduros e berinjela



Costelinha de Adão
Arroz soltinho refogado com costelinha suína desfiada ao molho barbecue


Jangadeiros Alagoanos
Sururu ao leite de coco e especiarias do Chef

 

Escondidinho do Picuí (foto)
Carne de sol desfiada sobre purê de macaxeira e coberta por creme de queijos do sertão gratinado

 

Alagoano Perfumado
Camarões salteados em manteiga de garrafa sobre purê de batata doce aromatizado com hortelã

 

Segredo das Conchas (foto)
Filé de siri delicadamente refogado ao perfume de limão siciliano


Clássico do Novo Sertão
Pene coberto por molho de gorgonzola e carne de sol desfiada


Camarão Sertanejo (foto)
Camarões passados no açafrão espanhol servidos em creme de jerimum e queijo de coalho


Gelo do Engenho
Sorvete caseiro de rapadura servido com fios de mel de engenho


Fondue Sertaneja (foto)
Doce de caju orgânico levemente aquecido e cremoso servido com cubos de coalho

Postado em 13/04/2010 às 14:37

Respeitável Burguer


O chef Dudu Camargo apresentou hoje aos jornalistas o seu mais novo empreendimento em Brasília, o Respeitável Burguer, na 402 sul. Com ares de lanchonete, o lugar tem um cardápio dinâmico oferecendo sanduíches, omeletes, grelhados, saladas e sobremesas, todos com o toque do Chef. O almoço de hoje começou com o Trapezista (pequeno R$15,70), um beirute de rosbife, muçarela de búfala, tomate vermelho e pesto de manjericão. O pão chega na mesa crocante e tostado, em uma porção bem farta e saborosa.



Na sequencia uma das opções do Picadeiro Respeitável, um burguer de berinjela e abobrinha coberto por muçarela de búfala defumada e acompanhado de Coleslaw (R$19,80). Essa combinação leve e vegetariana não perdeu em nada no sabor, especialmente com a muçarela defumada, que se parece com um provolone mas sem tanto peso e a gordura do queijo de vaca.
 


Para finalizar uma Taça Respeitável (R$14,80), com sorvete de chocolate, sorvete de creme, mousse de chocolate, calda de chocolate, calda de caramelo, chantilly, farofa doce e biscoito. Essa bomba calórica vale o pecado, especialmente pelo chantilly muito bem montado e sem açúcar, que contrastava com a textura crocante da farofa e os sabores marcantes dos outros doces.


Além do cardápio, o Respeitável Burguer chama a atenção pela sua decoração temática circense. “A idéia surgiu em um brainstorm com o Ralf, e a partir daí fomos criando o conceito que envolve todo o projeto”, explica Dudu. Logo na entrada da casa a parede e o teto ganharam vida pelas mãos do artista plástico Ralf Gehre, discípulo de Athos Bulcão. Ele trouxe à tona imagens clássicas do circo que junto a uma enorme bancada vermelha ditam o ar descontraído do lugar.


No menu o nome dos pratos também segue a linha temática da casa e alguns são bem peculiares, como o X-panzé, Leão Faminto e Palhaço Carequinha. A previsão de abertura do Respeitável Burguer é para a próxima segunda-feira, dia 19. Vale lembrar que a casa funcionará 24 horas.

Postado em 12/04/2010 às 17:44

Clube Dioniso

Bruno Hermenegildo (à dir.) durante a apresentação do Clube

 

O sommelier Bruno Hermenegildo esteve ontem em Brasília para apresentar o Clube Dioniso de Vinhos. O programa é uma iniciativa da Maison des Caves e oferece descontos especiais na compra de vinhos e acessórios, realiza degustações, cursos e jantares harmonizados, além de organizar viagens enoturísticas pelo Brasil e exterior.
 

O evento aconteceu no mezanino da loja Maison des Caves em Brasília


O Clube já conta com dois mil associados em todo o Brasil. Para ser sócio é preciso pagar uma taxa única de R$190 e com a nova adesão você recebe uma bolsa térmica e duas taças Schott-Weissel. Uma das atividades mais interessantes do Clube são as remessas bimestrais de vinhos. Para cada uma são escolhidos 3 rótulos com cerca de 40% na redução do preço, custando cada garrafa no máximo R$50.
 

Durante a degustação mix de queijos e bruschetta gratinada para harmonizar


Durante a apresentação do Clube o sommelier serviu e comentou três rótulos da Maison des Caves. De entrada o espumante Miolo Millésime (R$95), uma obra prima nacional extremamente delicado e com incríveis notas de morangos ao chantilly.
 


Na sequência Bruno serviu um lançamento que chegou a apenas duas semanas no Brasil. O espanhol Altara (R$59), da Viña Santa Marina, é um branco da região de Extremadura que reflete bem o solo calcário onde são plantados os vinhedos. Em nariz, um instigante aroma de pedra molhada, em boca a primeira impressão é um de um aguado sem graça. Mas os goles seguintes florescem toda a delicadeza e singularidade deste rótulo que tem um ótimo custo benefício.
 


Para fechar a noite outro espanhol, mas este de uma das mais recentes D.O. do país, a Ribeira Del Guadiana. O Viña Santa Marina Tempranillo (R$79) é um monovarietal que passa 9 meses em carvalho e surpreende no nariz com seus intensos aromas tostados. Em boca os taninos equilibrados e presentes estão bem harmonizados com a alta acidez do vinho, que é extremamente gastronômico.
 

Postado em 09/04/2010 às 09:51

Novos Pratos Gourmet no Picuí (AL)


O inquieto chef Wanderson Medeiros criou novos pratos gourmet para o cardápio do seu Picuí. Seguindo seu estilo gastronômico da Nova Cozinha Nordestina, o chef paraibano mesclou alguns ingredientes típicos do nordeste brasileiro em preparações charmosas e sofisticadas, sem deixar de lado o sabor marcante da sua cozinha regional. “Cada vez mais gosto de mostrar aos nossos clientes que da cozinha do Picuí também saem pratos delicados e surpreendentes, tanto no sabor quanto na apresentação.”, explica Wanderson.


No menu de entradas aparecem três novidades: Flor de Mandacaru (carne de sol desfiada passada na manteiga de garrafa e servida sobre disco de abacaxi dourado com molho cremoso de iogurte e ervas) R$10,90; Coalho em Chamas (cubo de queijo de coalho flambado na mesa com licor de laranja e servido com tomate seco e manjericão fresco) R$9,90; Italianado (antepasto de carne de sol desfiada com berinjela e pimentões maduros, acompanhado de torradas na manteiga de garrafa) R$9,90 para duas pessoas.


O chef apostou também em uma nova opção leve e criou a Salada Primavera (mix de folhas verdes com carpaccio de manga, tomatinho cereja, croutons e molho Caesar) R$16,90. Para os principais Wanderson colocou no cardápio um dos pratos mais vendidos como especial do dia no restaurante. “Eu não esperava que o público fosse gostar tanto dessa receita, mas eles pediram e agora temos ela fixa no menu.” conta. A Costelinha do Picuí (R$46,90 para duas pessoas) é uma preparação lenta onde a manta de costela suína, pincelada com mel de engenho, fica horas assando em forno com baixa temperatura. O resultado é uma carne soltando do osso, extremamente macia e saborosa, acompanhada de discos de batata doce dourados na manteiga de garrafa e arroz de brócolis.


Apostando também em pratos de frutos do mar, o chef Wanderson Medeiros criou o Camarão Sertanejo (R$52,90 para duas pessoas) uma receita de camarões médios passados no açafrão e servidos dentro do jerimum com creme de queijo de coalho, acompanhado de arroz de brócolis e macaxeira frita.


Para os aficcionados colecionadores da Boa Lembrança a novidade no cardápio é o prato de estréia do Picuí no seleto grupo da Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança. A receita para 2010 do Chef foi o Clássico do Picuí (R$39,90 individual), uma carne de sol alta, extremamente suculenta, assada em brasa e servida com pirão de queijo de coalho aromatizado com alho poro, feijão verde passado na manteiga de garrafa e chips de batata doce. Quem provar essa receita ainda leva pra casa um prato decorativo pintado à mão e exclusivo do Picuí.


A novidade entre as sobremesas é uma receita que o chef já apresentou em diversos eventos e que sempre foi um sucesso de público. A Fondue Sertaneja (R$10,90 para duas pessoas) é um doce de caju orgânico que é processado e levemente aquecido, servido com cubos de queijo de coalho que devem ser afogados no doce, como uma fondue.
 

Restaurante Picuí
Av. da Paz, 1140, Jaraguá, Maceió, Alagoas – (82)3223-8080
www.PICUI.com.br / www.twitter.com/picui
Postado em 07/04/2010 às 17:43

Novo Cardápio de Almoço no Pirajá (SP)

Mauro Holanda
O enorme Filé à Parmegiana do Pirajá

 

A hora do almoço no Bar Pirajá, em São Paulo, acaba de ganhar novidades. Os Filés de Ouro, já tradicionais no cardápio da casa, foram repaginados e passam a ter cortes mais altos, de 270 gramas, e outros acompanhamentos generosos. Destaque para o Filé à parmegiana (R$ 46, para duas pessoas), com arroz e fritas Pirajá, como foram batizadas no bar as batatas chips.

 

Mauro Holanda
O Filé a Francesa com a sua típica guarnição

 

Estão na carta também duas receitas que alimentaram gerações de boêmios cariocas – o Filé à francesa (R$ 36), com refogado de batata palha, cebola, presunto e petit pois; e o Filé à cavalo (R$ 36), com dois belos ovos fritos, cebola chapeada e fritas Pirajá.

 

Mauro Holanda
O tradicional Filé à Cavalo

 

Além dos filés, uma opção inédita no cardápio é a Alheira à moda do Adegão (R$ 25), em que a linguiça portuguesa recheada de pão, alho e especiarias vem acompanhada de ovo e batatas fritas.

Mauro Holanda
O Alheira à moda do Adegão, com linguica de pão, alho e especiarias


Para os almoços durante a semana, os Especiais do Dia apresentam uma seleção de pratos caseiros. Destaque para a segunda-feira que é dia do Picadinho à moda do Leblon (R$ 29), com carne marinada na cerveja irlandesa Guinness acompanhado de pastel de queijo, ovo frito, banana à milanesa, farofinha, arroz e feijão preto.

 

Mauro Holanda
O Picadinho à moda do Leblon, marinado na Guinness

 

Nos fins de semana, sai uma novidade da conhecida televisão de cachorro: a Costela de TV (R$ 25), servida com batatinhas e arroz.

 

Mauro Holanda
A Costela de TV, feita na tradicional televisão de cachorro

 

Bar Pirajá
Av. Brigadeiro Faria Lima, 64 – Pinheiros
Telefone: (11) 3815-6881

Fonte: Anexo Comunicação
Postado em 29/03/2010 às 11:48

Páscoa no 4Doze Bistrô em Brasília

Magneto Fotografia
Robalo com fondue de alho poro, sugestão para a Sexta-feira santa no 4Doze

 

No 4Doze Bistrô os proprietários da casa Daisy e Daniel Vieira reservaram algumas opções para quem quer seguir a tradição. Para a sexta-feira da Paixão a pedida é o Robalo com fondue de alho poro (R$ 34,90 - individual) com dois acompanhamentos à escolha entre onze opções, a sugestão é com arroz de brócolis e espetinho de legumes grelhados na manteiga de ervas (pimentão vermelho, berinjela, cebola e batatinha).

 

Já para o sábado de aleluia o resguardo da carne vermelha pode ser quebrado com a Picanha 4Doze (R$29,90 individual), grelhada com manteiga de ervas e acompanhada de risoto com funghi secchi chileno. O domingo de páscoa recebe o doce sabor do Afoggato, um café expresso Lavazza com uma bola de sorvete de creme, Amarula e calda de chocolate (R$12,90 individual).


4DOZE BISTRÔ
Endereço: CLS 412 Bloco C Loja 03
Telefone: (61) 3345.4351


Fonte: Destak Comunicação
 
Postado em 26/03/2010 às 07:43

General Prime Burger e Häagen-Dazs realizam Festival de Milk Shakes

 

 

O General Prime Burger promove até o fim de maio um Festival de Milkshakes elaborados pela Häagen-Dazs com seus exclusivos sabores. O cardápio de shakes da casa ganha a companhia de sabores como Pecan Pie, Romeu & Julieta e Torta de Limão. As opções podem ser pedidas em dois tamanhos: médio ou grande. Confira abaixo o menu completo do festival:


Frozen Yogurt - R$19,90/R$29,00
Sorvete de morango Häagen-Dazs, Iogurte natural,
e raspas de limão

Pecan Pie - R$19,90/R$ 30,00
Sorvete de vanilla Häagen-Dazs , Noz Pecãn, e açúcar mascavo

Romeu & Julieta - R$19,90/R$31,00
Sorvete de vanilla Häagen-Dazs, goiabada e requeijão

Bombom - R$22,90/R$ 33,90
Sorvete de vanilla Häagen-Dazs e bombom

Torta de Limão - R$19,90/R$29,00
Sorvete de vanilla Häagen-Dazs suco de limão e marshmallow
 

Postado em 17/03/2010 às 19:26

Vinheria Percussi recebe renomada chef siciliana para Wine Diner

O Cannoli Siciliani - uma sobremesa típica da região, com massa frita recheada 

 

Um importante nome da gastronomia do sul da Itália visita o restaurante Vinheria Percussi entre os dias 17 e 19 de março. A casa de Silvia e Lamberto Percussi recebe a renomada chef siciliana Fabrizia Lanza, que vai preparar um menu especial harmonizado com vinhos da Tasca d’Almerita, vinícola que pertence à sua família.


Fabrizia Lanza é uma espécie de embaixadora das tradições culinárias da Sicília: viaja o mundo difundindo técnicas e ingredientes típicos de sua região e já fez alguns documentários sobre o local. Com livros publicados e reconhecimento internacional, representa a terceira geração de uma das famílias mais emblemáticas da gastronomia siciliana. A chef leciona na escola de culinária Anna Tasca Lanza, criada por sua mãe em 1989 em Vallelunga. Anna já publicou seis livros sobre culinária siciliana e é conhecida internacionalmente.
 

 Wine Dinner - La Sicilia di Fabrizia

Antipasti

Panelle
Gamberetti marinati
Regaleali Bianco IGT 2007 Tasca d’Almerita

Primo

Pasta alla Norma
Nozze d’Oro DOC 2004 Tasca d’Almerita ou Cygnus IGT 2005 Tasca d’Almerita

Secondo

Tonno al forno con patate allo zafferano & caponata
Chardonnay 2003 Tasca d’Almerita ou Rosso del Conte DOC 2002 Tasca d’Almerita

Dessert

Cannoli Siciliani
Gelo di caffè
Diamante d’Almerita Passito IGT 2004 Tasca d’Almerita

 

O jantar harmonizado com vinhos da Regaleali-Tasca d’Almerita será servido a R$ 240 entre os dias 17 e 19 de março. A versão sem os vinhos sai por R$ 120 por pessoa.


O restaurante Vinheria Percussi fica à rua Cônego Eugênio Leite, 523, Pinheiros, tel. (11) 3088.4820   www.vinheriapercussi.com.br


Fonte: DENIBLOCH DIVULGAÇÃO
 
Postado em 17/03/2010 às 08:29

Receita Poética: o Angu

Alagado de Galinha Caipira em Angu de Milho Verde

 

Marcus Nati
 

 

Parta em pedaços uma galinha que cisca em terreiro. Temperos a gosto, que não lhe falte coentro e louro, deixe descansar. De algumas espigas de milho sejam postos os grãos no caldo. Outras sejam raladas, coadas e delas se faça um angu em ponto cremoso. Quando este se soltar do fundo da panela, seja despejado sobre o frango. Lança-se-lhe cheiros verdes picados. Que seja servido com couve assustada em óleo bem quente, onde se fritou o alho.

Postado em 19/01/2010 às 16:09

Degustação de Azeites Espanhóis em Brasília


Há mais de 5 mil anos o azeite de oliva é produzido e consumido na região do Mar Mediterrâneo. Essa iguaria foi chamada de Ouro Liquido pelo escritor grego Homero, que não se enganou. Para obter-se cerca de 250 ml de óleo é preciso aproximadamente 2000 azeitonas, que passam por um processo milenar de prensagem a frio no qual se extrai o sumo do fruto ainda verde.
 



 

As características de aromáticas, visuais e gustativas de cada azeite vêm do tipo de fruta utilizada em sua produção. Os sabores mais intensos, amargos, ácidos e frutados que o óleo possui dependem ainda da forma como o óleo é produzido e de seu terroir. Existem diversas castas de olivas, algumas autóctones de distintas regiões do globo que tornam este produto ainda mais interessante e valoroso.
 

Juan Corbalán
Capuano sob olhares atentos durante sua palestra
sobre o Azeite de Oliva Espanhol


Esteve ontem (15/12/09) em Brasília o especialista Gustavo Capuano que ministrou palestra e coordenou degustação às cegas de azeites espanhóis. O evento aconteceu no auditório da ABS-Brasília e faz parte da campanha Azeite Sua Vida, um projeto do Plano de Promoção de Azeite de Oliva Espanhol no Brasil, financiado por instituições espanholas.
 

Telmo Ximenes 
O público presente recebeu material didático e livro da Azeite de Oliva Espanhol


O público presente pode acompanhar de perto as explicações de Capuano sobre origem, castas, consumo, acidez e utilização do óleo. “Pode fritar com azeite sem medo, inclusive por imersão. Com certeza o aroma e sabor da fritura serão bem mais apetitosos.” afirma Gustavo. O especialista, que foi um dos palestrantes da 14ª edição da EXPOLIVA em Jaén (Espanha), ainda deu dicas de como comprar bem o seu azeite e a interpretar o rótulo. “É preciso ficar atento onde o Azeite foi produzido. Fora da Europa algumas leis que garantem a qualidade do produto não são respeitadas.”, avisa.
 

No campo as máquinas ajudam na colheita, detalhe para a tela colocada abaixo da árvore para que o fruto não fique em contato com o solo úmido


Somente a Espanha é responsável pela produção de cerca de 60% do azeite produzido na União Européia, o que a coloca como o maior produtor mundial. A alta qualidade do azeite de oliva espanhol faz também com que o país seja o maior exportador do produto no mundo. “A Espanha é responsável pela produção de mais de 260 variedades de azeitonas, o que torna possível produzir excelentes azeites de várias castas, como picual, hojiblanca, cornicabra e arbequina, além de incríveis blends.”, explica Gustavo.
 

Juan Corbalán
A degustação dos embutidos espanhóis ao final do evento

Ao final do evento os convidados ainda puderam provar uma seleção de embutidos espanhóis, acompanhados pelo Finca La Estacada 2003, um tinto da Tierra de Castilla que harmonizou bem com os sabores dos frios. O público ainda recebeu material didático da Azeite de Oliva Espanhol e o livro 10 Segredos Revelados, com descrição de várias castas, história, fotos e receitas com o óleo. A previsão é de que novas degustações aconteçam em 2010. Para outras informações acesse o www.azeite.com.br
 

 Juan Corbalán
 
 Chorizo e Fuet catalão, servidos durante a degustação de embutidos espanhóis


 

Postado em 16/12/2009 às 17:23

News Gastrô

Navegue pelo nosso arquivo de edições

Preencha para se cadastrar:

  • Sou profissional da imprensa